Primeiras Impressões: The Good Doctor


Todo ano, desde 2012 o site Banco de Séries faz um projeto para assistir aos pilotos das novas séries, esses projetos são divididos para as séries da fall season, mid season e summer season. Esse ano eu decidi participar já que muitas das séries que eu assisto dei uma enjoada e coloquei na geladeira, outras eu estou meio atrasada e sem a menor pressa de colocar em dia. Pensei que seria legal compartilhar por aqui as minhas primeiras impressões de cada série e ai quem sabe vocês possam conhecer mais algumas e se interessem por assistir não é?

Comecei meu projeto fall season saindo totalmente da minha zona de conforto. Eu nunca fui muito fã de séries com temáticas hospitalares, sempre tive o estômago fraco para tantas cirurgias e alguns casos específicos por causa da quantidade de sangue que aparece nas cenas e eu me sinto pouco à vontade vendo. Só que acabei assistindo The Night Shift na Globo (por lá a tradução da série é Plantão Noturno) e acabei me interessando muito por ela, então quando vi The Good Doctor na lista do fall season desse ano logo comecei por ela e gente, que série é essa? Eu fiquei apaixonada.

The Good Doctor conta a história do Dr. Shaun Murphy, um jovem cirurgião diagnosticado com autismo e síndrome de Savant. Ele decide sair de sua pequena cidade no interior para trabalhar na equipe de cirurgia de um renomado hospital. Shaun tem uma mente pra lá de incrível e seus dons médicos fazem com que ele possa ser capaz de identificar os problemas dos pacientes mesmo quando ninguém colocaria muita fé no diagnostico que ele está dando e isso já fica bem claro no episódio piloto. E apesar de Shaun ter uma mente incrível, ele tem dificuldade em se conectar com as pessoas a sua volta.


Nesse piloto, Dr. Shaun está no aeroporto a caminho do hospital em que vai trabalhar quando acontece um acidente que acaba ferindo um garoto de oito anos. Ele se aproxima e fala que o médico que se ofereceu pra salvar o garoto está fazendo o procedimento de forma errada, o médico obviamente acaba ficando desconfiado, assim como a maioria das pessoas ao redor, mas rapidamente ele mostra que estava certo e começa os primeiros socorros da vítima, enquanto as pessoas ao redor filmam o momento e colocam na internet, o que em determinado momento do episódio ajudará Shaun, já que o conselho do hospital não concorda com a contratação dele por causa de suas limitações. O episódio foca principalmente no caso desse garoto que foi salvo graças ao Dr. Shaun.


Também é nesse episódio que já temos uma pequena noção de quem são os outros personagens da série, mas por enquanto só gostei realmente do presidente do hospital, que é quem contratou e que tentava convencer a todos do conselho que contratar Shaun seria bom para o hospital e que não causaria problemas. Também gostei da Claire, apesar de não ter tanta certeza ainda sobre ela já que não deu pra conhecer muito da personagem no piloto, vamos esperar pra ver qual é a dela. Mas a verdade é que Dr. Shaun é de longe o meu personagem preferido, que está sendo interpretado maravilhosamente bem por Freddie Highmore, que já nos deu provas de seu grande talento ao interpretar Norman Bates na série Bates Motel, finalizada a pouco tempo.


Gostei muito do tempo com que as coisas acontecem, achei que não enrolaram muito. Até mesmo os flashbacks que em algumas séries acabam sendo uma parte meio cansativa, no caso de The Good Doctor não foi. Foram flashbacks necessários para entender mais sobre o Dr. Shaun. Uma coisa que eu gostei muito também foi da edição do episódio que foi feita de uma maneira que a gente se sente dentro da mente dele quando Shaun começa a analisar as opções sobre a situação do paciente e aparecem explicações desenhadas e escritas na tela, além das partes do corpo ilustrando aquele problema. Adorei também que o Shaun fala algumas coisas que acabam pegando os outros de surpresa e sem reação, isso ocorreu duas vezes no episódio e a última quando ele chama o Dr. Neil de arrogante foi a minha preferida. E tenho que dizer, pela primeira vez na vida eu chorei em um episódio piloto de série. A hora que ele explica pra o conselho do hospital o porque dele querer ser cirurgião me deixou emocionada e derramei algumas lágrimas.



The Good Doctor é com toda certeza uma série que eu continuarei assistindo porque me apaixonei por ela e quero muito ver como será contada a história do Dr. Shaun. Os escritores têm em mãos uma ótima história e eu espero que os próximos episódios sejam tão bons ou melhores quanto o piloto. E vamos deixar claro que sendo essa mais uma série que se passa em meio a um hospital é praticamente impossível não ter vários clichês ou mesmo coisas parecidas com as outras tantas mil séries sobre o tema já existentes. Mas se você não tem problema com isso, é uma ótima série e se você assistia House e gostava, a chance de você gostar também de The Good Doctor é bem grande.

Então me contem nos comentários, vocês já assistiram a essa série? O que acharam? Se não assistiram aproveitem pra me indicar as séries que vocês mais gostam. Vamos conversar sobre elas.

LEIA TODOS OS POSTS SOBRE AS SÉRIES DA FALL SEASON AQUI

Postar um comentário

© Love, Camie. Design by Fearne.