Review: Antes que eu vá (Before I Fall)


Antes que eu vá que tem como nome original Before I Fall, foi lançado em maio desse ano, mas só por esses dias que eu consegui assistir. Vou confessar uma coisa, precisei assistir três vezes pra que só então eu tivesse uma opinião concreta sobre o filme. Antes que eu vá não se tornou meu filme preferido e sendo muito sincera, nem chegou a entrar na minha lista de favoritos. Não é um filme ruim, não me entendam mal, é só que na minha opinião Antes que eu vá é um filme repleto de altos e baixos, pontos positivos e pontos negativos. Quando eu comecei a realmente gostar dele, o filme já estava nos últimos 20 minutos.

O filme é baseado no livro de mesmo nome da autora Lauren Oliver. Eu ainda não tive oportunidade de ler o livro, mas já providenciei porque depois de assistir Antes que eu vá, quero saber se o livro é melhor e o que eles poderiam ter melhorado no filme com base no livro. Mas o que vamos falar hoje é sobre o filme, o livro quando eu terminar de ler eu faço uma resenha e quem sabe uma comparação entre os dois.


Antes que eu vá conta a história de Samantha Kingston, uma adolescente que tem tudo que sempre sonhou e que muitas garotas desejam: ela é popular, namora o garoto mais popular e desejado da escola, sempre é convidada pra todas as festas e tem as melhores amigas que estão ali sempre com ela. No tradicional dia do cupido (é como se fosse uma comemoração antecipada ao dia dos namorados americano) ela já tem tudo planejado pra aquela noite, mas as coisas não saem exatamente como o planejado e ela sofre um acidente que vai dar uma nova chance pra que ela possa mudar o último dia de sua vida. Percebem que não é uma temática nova? Existem alguns filmes que já abordaram esse tema, mas o problema principal pra mim nem chega a ser esse pra ser sincera.

O filme tem alguns pontos positivos, por exemplo, a forma como a Samantha passa a entender melhor os seus atos e entende que cada ato tem suas consequências mesmo que elas não aconteçam imediatamente. Outra coisa que gostei muito foi da irmãzinha mais nova da Samantha, achei ela muito fofinha, mas também achei um ponto negativo ai. Pelo que eu entendi, não sei se no livro é assim, mas em uma cena especifica durante uma conversa de Samantha com a irmã, elas falam sobre o problema que a irmã dela tem em falar corretamente as palavras e se os colegas da escola acham estranho. O problema é que sinceramente não é perceptível esse problema e ao que me parece esse seria um ponto de alguma importância, já que o citam no filme.


Confesso que fui gostando aos poucos da Samantha, inicialmente achei ela bem fútil e egoísta, mas com o passar do filme você vai percebendo mais sobre ela e sobre um pouco do passado dela. É aquela clássica história da nerd que acabou mudando pra se tornar popular e com isso ela tenta esconder dos outros como realmente se sente ou do que realmente gosta por medo de perder essa popularidade, só que a cada tentativa de mudar o último dia da sua vida a gente vai conhecendo esse lado da Sam que ela tenta esconder. Nessas tentativas ela percebe que ela e as amigas são verdadeiras bitchs e vai tentando mudar, chegando em determinado momento a se revoltar.

Algo que eu não gostei muito é que talvez tenham sido muitas repetições e em alguns momentos isso se torna um pouco cansativo já que a gente fica vendo algumas cenas exatamente iguais várias vezes. Mas quando Sam começa a entender que precisa mudar seu jeito, suas atitudes pra tentar evitar que algo aconteça o filme começa a ficar bom realmente. Mas uma coisa é fato, Zoey Deutch está muito bem como Samantha e passa muita verdade. Outro ponto que eu realmente gostei é a trilha sonora que combina perfeitamente com as cenas e são músicas muito boas, fiquei desejando baixar todas as músicas da trilha. Ah, vou aproveitar e deixar pra vocês a playlist com todas as músicas aqui no final do post.


De 1 a 5, minha nota para Antes que eu vá é 3. Mas e vocês, já assistiram ao filme? Me contem aqui o que acharam. E o livro já leram? Se sim, me contem também o que acharam dos dois e se é muito diferente ou se foram mais fiéis aos livros.

BEDA 2017: Será que eu consigo?


Oi todo mundo, tudo bem?
Agosto está começando e com isso o fim do ano fica cada vez mais próximo. O tempo anda passando tão rápido né? Já faz algum tempo que eu vinha planejando fazer o BEDA – Blog Every Day in August. Por conta disso acabei não postando esses dias, porque estava preparando alguns posts pra deixar adiantado. Em anos anteriores eu nunca consegui fazer o BEDA completo, mas esse ano quero tentar pra valer, caso eu consiga já tenho ideias inclusive pra fazer algo assim em dezembro como contagem regressiva para o natal.

Eu andei pensando muito sobre como faria esse BEDA, acabei percebendo que ele é uma ótima forma de me motivar a manter o blog atualizado e consequentemente também é uma forma de mostrar pra vocês um pouco do que eu falei naquele primeiro post onde eu disse que queria trazer mais conteúdos pessoais, falar mais das coisas que eu gosto e porque não, falar do meu dia a dia (não que ele seja movimentado e empolgante). Quero aproveitar pra quem sabe começar a introduzir colunas fixas no blog que eu já tenho algumas ideias, talvez um projetinho que eu já venho organizando tem um bom tempo. Enfim, vamos aproveitar o BEDA pra melhorar e pôr as ideias em prática.

Obviamente eu não faria um post sem nada de interessante pra falar além de um anúncio né? Pensando exatamente no primeiro dia do BEDA, criei um calendário para desktop e disponibilizei para download e inclusive eu já havia disponibilizado logo no início do blog dois wallpapers que fiz, caso tenha interesse também.



E vocês estão participando do BEDA? Se sim, como estão se organizando? 
© Love, Camie. Design by Fearne.