Slider

Pra ouvir: OutroEu e o lançamento do primeiro CD.

Follow my blog with Bloglovin

Um ano atrás, muito antes de eu querer mudar tudo e excluir os posts antigos, eu fiz um falando sobre uma banda que havia aparecido no programa Superstar da Globo e que tinha sido amor a primeira música. Eu me apaixonei pela OutroEu, pelo som que eles faziam e comecei a acompanhar. Segui nas redes sociais com direito a ativar notificações pra não perder nadinha. A OutroEu foi formada em Nova Iguaçu – RJ por quatro amigos. Eles tocam um folk super gostosinho. Na época em que fiz o post, falei um pouquinho sobre a banda e mostrei alguns vídeos, já que na época o spotify deles só tinha as músicas tocadas no programa e no youtube era muito mais fácil de achar vídeos deles. Decidi falar deles por aqui novamente por um motivo especial, na verdade eu até já deveria ter falado sobre isso, mas acabei esquecendo e hoje enquanto ouvia eles achei que seria legal compartilhar.

A OutroEu participou do Superstar e apesar da ideia da banda já existir entre os quatro amigos, foi mais por causa do programa que a banda começou de fato. Formada por Mike Túlio, Guto Oliveira, Felipe Lopes e Rennan Azevedo eles tem como influências artistas como Maria Gadú, Los Hermanos, John Mayer entre outros nomes. Então se você curte algum desses, a chance de você também acabar curtindo o som da OutroEu é bem grande. Inclusive, eles aparecem na lista do Google como uma das promessas da música no Brasil em 2017. Pra vocês conhecerem um pouquinho da OutroEu vou deixar aqui dois vídeos que eu gosto muito. 




Agora que vocês já conheceram, vamos falar do que interessa de verdade. No dia 28 de Abril, a OutroEu lançou o primeiro cd deles que assim como eles, se chama Outro Eu e foi lançado pelo selo Slap da Som Livre. O cd tem 11 faixas, dessas algumas são conhecidas já de quem acompanhava o programa ou mesmo que acompanhou eles nesse período após programa e antes do cd. Uma das faixas tem participação da Sandy e ainda tem uma regravação de Maria Gadú. A OutroEu se manteve fiel ao que apresentaram no programa, a originalidade e essência da banda estão presentes em todas as faixas desse álbum.

"Coisa de Casa" que foi a música que abriu as portas pra banda continua maravilhosa e eu tenho um enorme apego, já que essa música que é autoral foi a primeira música que eles apresentaram durante o programa e que fez eu me apaixonar por eles. Em seguida, vem "Zade", uma outra música também já apresentada no programa e que inclusive eles fizeram esse vídeo que postei acima. Fala sobre amizade, tem uma letra super lindinha e um ritmo super gostosinho que sinceramente dá vontade de sair cantando e dançando ela por ai. Na sequencia temos a música que dá nome a banda e ao disco, "Outro Eu", essa é pra quem acompanhou a banda depois do programa já que eles a lançaram no youtube logo depois da final do Superstar. Uma música com letra linda e que começa calminha, mas vai crescendo aos poucos e ganhando uma força, puxando mais pra o rock sem perder muito a delicadeza.
A próxima música é "O que dizer de você", uma música mais romântica que também esteve presente na jornada da banda durante o Superstar. Pra variar, é uma letra super amorzinho e com um ritmo tão gostosinho que tem dias que eu escuto ela no repeat várias e várias vezes. E é logo em seguida que temos a música com participação da Sandy, "Ai de mim", talvez seja loucura minha e como não sou entendedora de música e estou só dando minha opinião como fã, essa música tem uma pegada meio Tiago Iorc, meio Anavitoria e eu estou completamente apaixonada. Sandy durante o programa era jurada e nunca escondeu que torcia bastante por eles, a harmonia entre a voz do Mike com a voz da Sandy é uma coisa maravilhosa. Tanto que a música já ultrapassou a marca de um milhão de reproduções lá no Spotify.

A próxima música do álbum é "O que te faz feliz?", também tocaram durante o Superstar e foi outra que eu me apaixonei. Nessa música inclusive dá pra notar bem a influência do John Mayer, achei uma pegada bem parecida com as dele. O que pra mim é ótimo, já que amo as músicas do John. Seguindo a ordem, a próxima é "Poema de lágrimas", inédita e é uma música calma, bem baladinha e acústica. Mais uma das músicas que sou apaixonada pela letra, essa é sem dúvida uma das minhas preferidas do cd.
Em seguida temos "Dona Cila", uma regravação dessa música da Maria Gadú e que sinceramente se você não conhece a música até chega a pensar que é deles mesmo, porque a essência da OutroEu está ali nessa versão que eles fizeram. Eu já gostava da música, mas na versão deles ficou ainda mais linda e hoje em dia praticamente só escuto a versão da OutroEu. A música seguinte começa com um ritmo mais animadinho, também apresentada no Superstar, "Pai" é uma música que começa em um ritmo mais rápido, mas assim que a voz começa ele diminui um pouco. Essa é uma homenagem aos pais e é muito boa.
A penúltima música do álbum é "Até mais" que é uma música inédita e bem calma caminhando pra o fim do cd, com uma letra muito bonita, muito bonita mesmo. Também acho essa música com uma pegada meio Anavitoria, bem gostosinha de ouvir. Finalizando o cd, temos "Ferro" que também é inédita e é mais uma baladinha romântica com uma letra linda que talvez te faça até suspirar um pouco em alguns momentos. Na verdade, muitas das músicas desse cd vão te fazer suspirar. As letras falam de amor, de todo o tipo de amor e são letras muito bonitas, tem poesia. É tão bom ouvir músicas assim, aposto que ao ouvir você vai se sentir mais relaxada.

Fiquem a vontade pra ouvir esse cd que está disponível em todas as plataformas digitais. Deixo aqui pra vocês o cd no Spotify e no final os links para ouvir e também comprar tanto digitalmente, quanto o cd físico.



Sobre tentar ter uma vida saudável

Follow my blog with Bloglovin

Olá todo mundo! Tudo bem? Faz um tempo que eu não posto nada por aqui, não vou vim com desculpinhas de que estava sem tempo, porque a real é que tempo eu tive de sobra, o problema mesmo foi ter criatividade. Eu tinha as ideias, começava a escrever e não conseguia terminar. Mas hoje eu estou aqui pra falar de uma coisa, não sei muito bem o porque senti vontade de falar sobre o assunto aqui, mas talvez compartilhando em algum lugar eu acabe me motivando mais. Então, vamos falar sobre vida saudável?

Desde que eu sai da escola a minha vida se tornou extremamente sedentária, de 2013 pra cá principalmente quando comecei a ficar em casa o tempo inteiro para cuidar da minha avó que tem problemas de saúde. Eu me acomodei e simplesmente passei a não fazer mais nenhum tipo de exercícios. Na verdade, ano retrasado eu comecei a fazer pilates e eu realmente me apaixonei. Sério, pilates é a coisa mais maravilhosa do mundo, mesmo com dor eu queria voltar e continuar fazendo sempre. O problema é que eu também tenho problemas de depressão e bom, quem tem ou conhece alguém que tem (o que pra ser honesto tem se tornado cada vez mais fácil de acontecer) sabe que a depressão desmotiva e muito a gente. Perdemos o interesse mesmo nas coisas que nós mais gostamos e foi o que aconteceu. Simplesmente fui deixando de ir, porque me faltava coragem de sair de casa. Então acabei voltando a minha vida sedentária.


Outra coisa que sempre foi muito complicada pra mim é a alimentação. Eu sou péssima pra comer, minha alimentação é o básico do básico e praticamente é tipo comida de passarinho de tão pouco que eu como, quer dizer como pouco nos horários certos. O problema é que eu como realmente errado, fritura, doces e tudo mais que não é exatamente saudável. Coca cola, chocolate e batata frita são a minha perdição. Então juntando tudo isso é claro que eu engordei e cheguei ao meu peso máximo, nunca pesei tanto na minha vida e sinceramente, eu consigo viver de boa com o peso e nunca tive problema com isso, me aceito do jeito que eu sou. O problema é que sendo extremamente sincera, eu não estou saudável. Tenho problemas no estômago sempre que como algumas coisas específicas tipo bacon, meu sono é desregulado, minhas noites de sono são péssimas e sei que muito disso tem mesmo haver com o meu peso. É claro que eu não vou fazer nada esperando chegar a ter um corpo de modelo ou como muitas dessas artistas que a gente gosta. Sei que isso é completamente impossível, porque meu corpo é diferente do delas, minha estrutura óssea é diferente. Mas eu sei que eu posso emagrecer e ser saudável, posso emagrecer e viver sem sofrer passando mal sempre que comer algo.

Foi semana passada enquanto eu conversava com a minha avó que eu tomei uma decisão. Eu mudaria meus hábitos, fosse com ou sem ajuda dela ou da minha mãe. Porque olha, não é fácil querer ser uma pessoa saudável e tentar emagrecer minimamente que seja quando sua mãe é tão viciada quanto você em todas essas coisas que eu estou tentando deixar de lado. Essa segunda feira (aquele dia mundial de começar dietas e tal kkk), segui com meu plano e a primeira coisa que fiz foi excluir a coca cola do meu dia e preciso confessar, foi muito mais fácil do que eu pensei que seria. Não sei se é por força de vontade ou se porque é realmente fácil se livrar dessas coisas, mas não tomei nenhuma gotinha de refrigerante, mesmo tendo em casa já que minha mãe não deixou de tomar. Ao final da tarde, fui na padaria e esse foi um teste e tanto, porque eu sempre saio de lá com, pelo menos, um chocolate e algo salgado, seja coxinha, pastel, aqueles enroladinhos de salsicha ou mesmo aqueles pacotes de fandangos, rufles e doritos. E bom, ao final sai de lá sem nada disso. Pra muita gente, essas coisas são bobas, mas pra mim que não conseguia ficar um único dia que fosse sem comer algo desse tipo e principalmente, sem tomar refrigerante é um grande passo.


O próximo passo e que ainda não tomei coragem de verdade foi pra fazer exercícios. Quero começar fazendo caminhadas na esteira e alguns exercícios leves que eu já fazia na época em que fiz academia. A vantagem é que como no meu prédio tem academia, eu não preciso necessariamente sair de casa, só preciso descer e pronto. O problema é descer, mas vamos com força de vontade que consigo. Outra coisa que pretendo fazer é voltar a nadar, que é algo que sempre gostei muito de fazer. Sério, eu sou louca por piscina e se deixar fico o dia inteiro nela, então porque não aproveitar né? Eu vou tentar criar um diário aqui, nem que seja uma vez por semana falando sobre meus progressos nessa nova etapa de uma vida saudável.

Por enquanto é só, depois faço um post mais sobre como tenho me alimentado e se tudo der certo, sobre como estão sendo meus exercícios.

Crédito de todas as fotos do post: picjumbo

Séries e filmes para assistir nos próximos feriados.


Oi todo mundo! Tudo bem?
Semana passada tivemos um feriadão por causa da semana santa e mal saímos dele, já vamos ter mais um né? E logo teremos mais um, no dia 1º de maio que vai cair numa segunda feira. Provavelmente passarei os dois feriados em casa e acho que muita gente, assim como eu também vai ficar. Pensando nisso decidi fazer uma lista com algumas séries para você assistir nesse feriado e quem sabe no próximo também.

Acabei decidindo escolher séries que tenham apenas 3 temporadas no máximo disponiveis na Netflix, por serem mais curtas às vezes dependendo do seu ritmo pra maratonar pode ser que consiga assistir mais de duas ou três no feriado. Vamos então ver quais séries eu escolhi?

1. Girlboss
A série vai ser lançada completa amanhã (21 de abril) e foi inspirada no livro de mesmo nome e escrito por Sophia Amoruso, fundadora da Nasty Gal. A série vai ser focada na vida de Sophia, interpretada pela Brit Robertson. Vai ser contado como ela começou o seu negócio vendendo roupas vintages no eBay, chegando aos 28 anos tendo construído um império de moda multimilionário conhecido no mundo inteiro.


2. 13 Reasons Why

13 Reasons Why, ou Os 13 Porquês é uma série também baseada em um livro de mesmo nome do escritor Jay Asher. A série conta a história de Hanna Baker, que antes de cometer suicidio envia uma caixa com 7 fitas endereçadas as pessoas que de alguma forma tiveram participação nos motivos que a levaram a se suicidar. A série é incrível, algumas partes são realmente pesadas. Assisti em dois dias, porque eu precisava sempre fazer algumas pausas entre os eps por me sentir realmente abalada pelos temas abordados.


3. Punho de Ferro

Punho de Ferro é mais uma série da parceria Netflix e Marvel e creio que a última a ser lançada antes de juntarem todos e lançar Os Defensores. Ainda não assisti, mas quero muito. Eu adoro séries de super herói, apesar de os meus preferidos serem os da DC. Punho de Ferro conta a história de Daniel Rand, que após anos desaparecidos volta para Nova York pra retomar o comando da empresa da família e lutar contra a corrupção e o crime com as técnicas de kung fu e o poder de convocar as habilidades do Punho de Ferro.



4. The Fosters

Essa série é uma que se tornou meu amorzinho só com alguns eps. Ela conta a história de uma família um pouco diferente do comum, formada por um casal de mães lésbicas e três filhos, sendo dois adotivos, as coisas complicam um pouco na rotina dessa família com a chegada de Callie, que é adotada temporariamente até que encontrem um lar fixo para ela. Os assuntos abordados em The Fosters é bem variado, em alguns momentos você vai se emocionar e chorar, outros você vai ter raiva de alguns personagens, mas logo depois vai amar esses mesmos personagens.


5. Supergirl

Vou confessar, Supergirl eu comecei e parei umas cinco ou seis vezes, outras vezes assisti eps aleatórios, principalmente os crossovers com Flash e também o mega crossover entre ela, Flash, Arrow e Legends of Tomorrow, mas nunca tinha parado pra realmente assistir tudo de uma vez certinho, até que no último feriado decidi fazer uma maratona e acabei ficando super viciada. Supergirl conta a história de Kara Zor-El que é mandada para a Terra junto com o primo Kal-El com a missão de proteger ele. O problema é que a nave em que Kara está é atingida por uma onda de choque e por causa disso é lançada para a zona fantasma. Após algum tempo adormecida, a nave dela sai da zona fantasma e consegue chegar a Terra, onde ela será adotada e se tornará Kara Danvers, a partir dai começamos a acompanhar a vida de Kara como uma garota normal, até que por um problema ela acaba se revelando ao mundo e vamos ver como ela vai lidar com a vida dupla de uma assistente comum e a vida de super heroína de National City.



Essas são minhas indicações para assistir nos próximos feriados. as duas últimas já sendo séries mais antigas porém ótimas e as três primeiras são as estreias mais recentes da Netflix. Vocês já assistiriam alguma? O que acharam? Vamos conversar sobre séries.

Inspiragram: Beatriz Parizotto


Se tem uma coisa que eu sou viciada é em ficar olhando as fotos das pessoas que eu sigo lá no instagram. Algumas contas eu sou viciada de verdade e entro pelo menos uma vez por dia nelas pra ver se tem alguma foto nova (principalmente hoje em dia que praticamente nada aparece no nosso feed). Por causa desse meu vício eu pensei que talvez fosse legal compartilhar por aqui os meus perfis preferidos por lá. Foi muito difícil escolher a primeira, acabei decidindo pela que apareceu primeiro no meu feed.

E pra começar trago pra vocês a Beatriz Parizotto. Alguns podem conhecer ela por causa da novela Carrossel do SBT ou mesmo pelo instagram. Ela tem 16 anos e pelo que pude perceber tem investido na carreira de modelo, particularmente acho que inclusive ela se sai muito bem nisso. Acho a Beatriz muito bonita e sinceramente eu achava até que ela fosse mais velha. Gosto muito do estilo dela, fico apaixonada por praticamente todos os looks da garota.

No instagram ela posta bastante selfies e mesmo quando não são selfies eu gosto muito das fotos, sejam elas de lugares, comida, paisagem e principalmente as do cachorro dela. Pelo que notei ela não posta muitas fotos que mostrem muito da sua vida pessoal, tipo com amigos e família. Gosto muito das edições que ela usa nas fotos, na minha opinião nunca é exagerado e acabam só deixando a foto ainda mais bonita. Separei algumas fotos que eu gosto pra compartilhar com vocês, para ver mais é só seguir ela no @trizparizc



Esse é o primeiro post desse tipo, pretendo fazer vários outros então comentem aqui e me indiquem mais pessoas pra seguir, inclusive o de vocês que eu vou adorar seguir. Pra quem quiser me seguir por lá, é só ir no @lovecamie.

Até a próxima! 
xx 






© Love, Camie. Design by Fearne.